Desde 2004 o CTI se preocupa com a redução do impacto ambiental do ciclo de vida dos equipamentos eletroeletrônicos, sendo o principal Projeto, o Rematronic, que teve início em 2014, objetivando recuperar metais estratégicos a partir de placas eletrônicas, visando a melhor relação entre custos, rendimentos e impacto ambiental, buscando a viabilidade econômica dos processos de reciclagem no Brasil.

Entre as linhas de pesquisa que o grupo atua e tem interesse em realizar parcerias com outras instituições públicas e privadas estão projetos baseados nas tecnologias para sustentabilidade, como por exemplo:

Sustentabilidade de cidades, logística reversa, recuperação de materiais a partir de resíduos sólidos, ecodesign, pensamento do ciclo de vida, etc.