Covid-19: CTI apoia Startup no desenvolvimento de spray para eliminar coronavírus das roupas e calçados


Imagem de Sprays em cima de uma bancadaO CTI Renato Archer apoiou a startup Visto.Bio no desenvolvimento de uma substância de capacidade virucida imediata contra a Covid - 19. A tecnologia, que está sendo comercializada em formato de spray antisséptico, é comprovadamente eficaz na eliminação do novo coronavírus em roupas e em outros objetos que possuam materiais têxteis, tais como, estofados, máscaras e etc. O spray funciona desativando o RNA do coronavírus, por meio da quebra da bicamada lipídica de gordura do vírus.

Durante o desenvolvimento do produto, que tem como princípio ativo o processamento molecular de óleos essenciais nativos do Brasil, o responsável pela empresa, Renan Serrano procurou o CTI para o apoio para a revisão e comprovação da viabilidade técnica do produto.  O pesquisador do CTI, Fernando Ely, explica que na consultoria prestada foi feita a validação de todo o conceito técnico das substância contida no spray e também foram apontadas as melhorias para que o produto conseguisse alcançar o resultado esperado.

Após finalizado, o produto passou por testes feitos no laboratório da Unicamp, credenciado da Anvisa, e recebeu uma certificação comprovando que o spray inibe 99,9% do vírus a partir do primeiro minuto de contato da substância com a superfície têxtil.

O empresário Renan Serrano ressalta que o produto pode ser visto como um item de segurança para pessoas que precisam transitar pela cidade, utilizar o transporte público e etc. “Com o spray, as pessoas poderão fazer facilmente a higienização das poltronas em ônibus, nos bancos, consultórios antes de sentar-se. Além disso, o spray também oferece a economia de gasto de água, já que quando você retornar para casa não precisará necessariamente lavar a roupa que você utilizou na rua”, conta Furtado.

O spray que inativa o coronavírus de roupas foi selecionado entre as cinco melhores soluções no desafio Pandemic Challenge da Singulary University, nos Estados Unidos. 

Projetos Futuros

Além da consultoria no desenvolvimento do spray virucida, a parceria entre a Visto.Bio e o CTI também possibilitará o desenvolvimento de uma nova versão, baseada em nanotecnologia, com liberação controlada da substância inativadora da Covid-19. Esta nova versão da sustância, totalmente antialérgica, poderá solucionar os problemas de lesões de peles e alergias respiratórias que alguns usuários dos túneis de desinfecção apresentaram após aspergir as substâncias liberada pelo túnel para eliminação do vírus.

Essa nova substância já está em fase avançada de desenvolvimento e validação e poderá  ser disponibilizada em poucos meses.

Assessoria de Imprensa do CTI Renato Archer
Cleide Elizeu - Jornalista Científica
E-mail: cleide.elizeu @cti.gov.br
Tel: (19) 3746.6038
Cel: (19) 98801.2773