Avanços na saúde: Diretor do CTI ministra palestra sobre Manufatura Aditiva, Impressões 3D e Biofabricação


Imagem com informações da palestra. Palestra: Manufatura Aditiva, Impressões 3D e Biofabricação na Saúde. Jorge Silva. Diretor do CTI Renato Archer e coordenador do NT3D. 27 de março, a partir das 09h. Assista on line, ao vivo. No dia 27 de março, o diretor do CTI Renato Archer e coordenador do Núcleo de Tecnologias Tridimensionais - NT3D, Jorge Silva, irá apresentar uma palestra sobre os avanços na área de Manufatura Aditiva, Impressões 3D e Biofabricação para a área da saúde. O palestra será realizada no Departamento do Complexo Industrial da Saúde da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (DECIIS/SCTIE/MS) e poderá ser conferida, ao vivo, a partir das 09hs, pela link do Data SUS.

Durante a palestra, o diretor do CTI e pesquisador irá mostrar como as tecnologias citadas acima podem ser aplicadas na área da saúde, de modo a auxiliar nas cirurgias complexas e na produção de próteses e órteses personalizadas. 

Acompanhe a palestra ao vivo, a partir das 09h do dia 27 de março em: http://datasus.saude.gov.br/index.php/multimidia

Sobre o palestrante e a NT3D:

Jorge Vicente Lopes da Silva criou e coordena até hoje o Núcleo de Tecnologias Tridimensionais - NT3D do CTI (Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações - MCTIC) dentro da qual são desenvolvidos três grandes programas de P,D&I em impressão 3D (manufatura aditiva) direcionados para três setores da atividade. Esses programas são:

(1) ProMED (saúde/medicina) que colabora com mais de 300 hospitais do país, apoiado pelo Ministério da Saúde e atua nas áreas de desenvolvimento de software 3D para imagens médicas e planejamento cirúrgico virtual, bioengenharia e biofabricação;

(2) ProIND (indústria), com foco nas pequenas e médias empresas para desenvolvimento de produtos, desenvolve projetos de pesquisa com empresas como a Petrobras; e

(3) ProEXP que colabora com universidade e centros de pesquisa na inovação e viabilização de experimentos cientícos. Atua em comitês técnicos de agências governamentais, corpo cientíco de alguns periódicos e dezenas de congressos, revisor de vários periódicos internacionais, além de ministrar palestras e cursos em Hospitais, conferências nacionais e internacionais, universidades e órgãos de classe, em especial, sobre a área de tecnologias 3D.

O NT3D/CTI, sob sua coordenação, atua como um laboratório aberto e colabora na formação de recursos humanos apoiando trabalhos de graduação, pós-graduação e pós-doutoramento, com mais de 200 teses apoiadas de universidades nacionais e do exterior.