Educação: Campinas terá reitoria de instituto federal


Logomarca IFSP_CampinasO ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, anunciou que Campinas será sede de uma reitoria regional do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) – a outra ficará em São José do Rio Preto. A regionalização de um dos mais antigos centros públicos de ensino, fundado há mais de cem anos, é parte do processo de descentralização do atendimento aos 37 campus do instituto, o último deles, criado recentemente, começa a funcionar em julho de 2019, em Rio Preto.

O ministro não informou, no entanto, quando ocorrerá a implantação. “Nós estamos trabalhando e pretendemos apresentar, ainda nesse ano, a criação de mais dois novos institutos federais no Estado de São Paulo”, disse o ministro, na sexta-feira, em Rio Preto, na assinatura da ordem de serviço para a execução da obra de reforma e ampliação do prédio que abrigará o novo polo do IFSP. A obra e a compra de mobiliários e equipamentos estão orçados em aproximadamente R$ 7 milhões. A reitoria de Campinas deverá centralizar o atendimento de pelo menos 14 campi. O campus de Campinas funciona em dependências cedidas pelo Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI). São oito salas de aula, laboratórios e biblioteca, onde são oferecidos cursos médios e superiores nas áreas de eletrônica e desenvolvimento de sistemas.

A instituição atualmente investe na instalação de um novo campus, em um terreno de 20 mil metros quadrados, no distrito do Campo Grande. Além de projetar a ampliação dos serviços prestados, já são firmados convênios inéditos com empresas e instituições privadas para o desenvolvimento de projetos.

O ministro da Educação ainda destacou que o Brasil precisa dar mais atenção à educação técnica e valorizar mais esse tipo de capacitação. “Educação técnica no País precisa ser olhada de uma maneira diferente. Educação técnica não é menos, é mais. Todo o país que a gente admira tem 54% dos alunos fazendo educação técnica, no Brasil são apenas 8%”, disse.

Perfil

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – IFSP – é uma autarquia federal de ensino fundada em 1909, como Escola de Aprendizes Artífices. Durante sua trajetória, recebeu, também, os nomes de Escola Técnica Federal de São Paulo e Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo. 

Com a transformação em Instituto, em dezembro de 2008, passou a ter relevância de universidade, destacando-se pela autonomia.

O IFSP é organizado em diversos campi e possui mais de 40 mil alunos matriculados nas 37 unidades distribuídas pelo estado de São Paulo É vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

Em Campinas, o campus está localizado no Centro de Tecnologia da Informação — CTI Renato Archer, localizado nas imediações da Rodovia D. Pedro I, próximo a complexos de pesquisa e ensino, no distrito de Barão Geraldo. Segundo a direção do Instituro Federal de São Paulo, o fato de funcionar no complexo do CTI possibilita integração com setores acadêmicos, de pesquisa e desenvolvimento e de produção industrial, visando à oferta de bens e serviços à sociedade.

Fonte