Projetos de bolsistas do CTI são indicados para prêmio 16º Destaque de Iniciação Científica do CNPq


Imagem das duas bolsistas que tiveram projetos selecionados para concorrer ao prêmio de iniação científicaAs bolsistas de Iniciação Científica do CTI Renato Archer, Isabela Ramirez Schincaglia e Talita de Souza Costa, tiveram seus projetos indicados para o 16º “Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica”, do CNPq. O concurso irá premiar os bolsistas que se destacaram durante o ano, sob os aspectos de relevância e de qualidade do seu relatório final, e também premiará as instituições responsáveis pelos alunos participantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC).

As pesquisas das duas bolsistas foram selecionadas pela Comissão PIBIC do CTI, que considerou a qualidade e pontuação obtida pelos estudos na exposição realizada durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em 2018.

O resultado da premiação será divulgado pelo CNPq, até 24 de maio de 2019, no endereço: www.destaqueict.cnpq.br

Conheça os dois projetos de Iniciação Científica selecionados para o prêmio:

Abordagem semântica para identificação do Estado da Arte em Gestão de Segurança de Informação

Visando diminuir a dificuldade de busca e seleção de publicações relevantes em bases de dados digitais científicas, o projeto de pesquisa da bolsista Talita de Souza Costa buscou desenvolver uma solução utilizando princípios de análise semântica. A ideia foi a de criar uma ferramenta que apoiasse principalmente pesquisadores que precisasse fazer revisão literária.

Com orientação da pesquisadora do CTI, Marbilia P.Sergio, e da pesquisadora do IFSP, Regina Paiva Melo Marin, a bolsista desenvolveu o software Sw3T (Software Termos Tem Temas). Feito em linguagem Python e contendo algoritmo LDA (Latent Dirichlet Allocation), o software analisa publicações científicas. Com base nos resultados, é possível estabelecer novos termos complementares e trazer o subconjunto das publicações de maior interesse.

 Como resultado e diferencial da ferramenta, a bolsista afirma que foi observado que que o Sw3T dá maior confiabilidade na escolha de termos complementares de busca, bem como, demonstrou ser uma ferramenta estratégica para o pesquisador acelerar sua análise detalhada das publicações.

Modelagem das relações organizacionais e humanas: A Aprendizagem Organizacional como fenômeno estratégico e sustentável 

O projeto de iniciação científica da bolsista Isabela Ramirez Schincaglia teve como propósito aprofundar a investigação sobre aspectos humanos ligados ao fenômeno da inovação. O projeto se consolidou no estudo das inerências entre o fator humano e o desempenho competitivo das empresas, destacando que o alcance de uma postura inovadora e sustentável no mercado é atrelada à visão do fator humano como um ativo estratégico das organizações. Orientada pelo pesquisador do CTI, Fábio Ferreira Santos, a bolsista realizou pesquisas e estudos quantitativos e qualitativos em profundidade de modo a identificar boas práticas existentes em indústrias no que se refere à gestão da inovação focada no desenvolvimento do capital humano, para integração da competitividade com qualidade de vida. O projeto da bolsista teve como apoio um modelo conceitual que integra diversos fundamentos básicos, entre os quais se destacam elementos ligados à gestão da inovação, aprendizagem organizacional (ênfase na integração aprendizagem individual-organizacional), gerenciamento de processos (ênfase em sistemas de gestão), indicadores de desempenho (ênfase em sistemas de medição), capital intelectual (ênfase em avaliação de ativos intangíveis) e People Analytics.