Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Objetivos

Publicado: Terça, 25 de Março de 2014, 17h38 | Acessos: 2987

O CNRTA atuará como um observatório de oferta e demanda tecnológica em Tecnologia Assistiva, e suas diretrizes estão voltadas ao desenvolvimento de temas tais como: promoção da acessibilidade e do desenho universal, qualificação de produtos e serviços; geração e avanço do conhecimento em Tecnologia Assistiva e apoio a iniciativas que visem a inclusão social de pessoas com deficiências.

Além disso, O CNRTA irá prospectar e articular diferentes linhas de pesquisas desenvolvidas por núcleos interdisciplinares criados em universidades e, por meio desta articulação, congregará os diversos referenciais teóricos e metodológicos pertinentes a estes trabalhos.

Conforme estabelecido pela Portaria 139, de 23 de fevereiro de 2012, o CNRTA tem como objetivos: 

  • contribuir para o planejamento, elaboração e implementação da Política Nacional de Tecnologia Assistiva e para a execução do "Plano Viver sem Limites", em aderência e harmonia com as diretrizes estabelecidas pelo Comitê Interministerial de Tecnologia Assistiva, instituído pelo art. 12 do Decreto nº 7.612, de 2011;
  • promover serviços de informação, divulgação, assessoria, formação e apoio sobre produtos e serviços de Tecnologia Assistiva - TA;
  • promover a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação (P, D&I) em TA;
  • estimular a utilização do desenho universal na fabricação de produtos e na implementação de políticas e serviços;
  • impulsionar metodologias e tecnologias para favorecer a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho;
  • promover a interação entre centros de pesquisa, setor produtivo e de serviços, órgãos de políticas públicas, entidades que trabalham com pessoas com deficiência e idosos, profissionais e usuários de TA;
  • estimular a P, D&I voltada para a acessibilidade universal em contextos e ambientes diversos, tais como: moradia em ambientes urbanos, ambiente digital, mobilidade, produtos e serviços;
  • propor linhas de pesquisas e articular redes e núcleos de pesquisas acadêmicos em TA;
  • contribuir para a melhoria da qualidade de vida, autonomia pessoal e participação social das pessoas com deficiência, pessoas idosas e com mobilidade reduzida, promovendo seus direitos e dignidade;
registrado em:
Fim do conteúdo da página